domingo, 1 de janeiro de 2012

2012, a primeira postagem a gente não esquece...

Este ano, este que passou... Nossa que ano!

Eu fiz tantas coisas, primeiro que eu vivi 365 dias...

Eu dormi pouco, muito pouco...
Mas agradeci a Deus todos os dias, por ter uma caminha quentinha para eu
ficar (mesmo que fosse de olho arregalado)...

Eu comi muito arroz com feijão...
Mas agradeci à Deus todos os dias, por não ter faltado uma refeição
quentinha quando minha família chegava em casa faminta...

Eu chorei muito...
Mas agradeci à Deus todas minhas lágrimas, pois eram por eu estar lutando
por algo em que acreditava e que era importante. E mesmo sendo lágrimas, muitas foram de alegria e emoção...

Eu briguei muito...
Comigo mesma, contra meu gênio indomável, contra minha ânsia de sair correndo atropelando tudo e todos, contra minha vontade de torcer um pescocinho, contra meu desejo de esbravejar aos quatro ventos o que eu penso de uns e outros...
E agradeci à Deus por todos estes dias em que eu consegui me controlar e não aumentei assim, o mau que podia fazer a mim mesma e também a outros.

Eu falei muito...
Ah falei... Mas acho que este ano, falei menos besteiras, falei menos mau dos outros, procurei falar coisas mais úteis e com algum valor para quem ouvia.
Aí agradeci a Deus todos os dias, porque afinal, temos dois ouvidos e uma boca só, assim obviamente, fui uma ouvinte melhor...

Eu escrevi muito...
Ao contrário do que vivem me dizendo (que eu pare de escrever!) este ano, escrevi absurdamente mais... E lamento informar, não vou deixar de escrever (risos). E vou agradecer à Deus todos os dias, por eu ter tido professores tão bons, que me ensinaram muito, me ensinaram a ler, a escrever e assim, posso me expressar com mais segurança e me faço entender com todos os "esses" e "erres" nos lugares certos.

Coisa que hoje eu vejo tantos jovens fazerem de forma incorreta, mesmo hoje tendo, muito mais oportunidades de estudo e leitura do que eu tive quando fui criança e jovem. Vou rezar a Deus, mais ainda para pedir que esse pessoal que vive só apertando botões entenda: que só apertar botões não vai levá-los muito longe. Precisam ampliar suas mentes, seus horizontes e isso, só mesmo a boa e velha leitura poderá ajudá-los a alcançar...

Esse ano eu lutei muito...
Eu lutei contra injustiças, lutei contra preguiça, lutei contra a inércia, lutei contra a vontade de não fazer nada de muitas pessoas, lutei contra a falta de coragem, ânimo que muitos carregam e tentam à todo custo contaminar os que são diferentes, os que pensam diferente e ao contrário deles, gostam de ser justos, gostam de trabalhar, gostam de estar sempre produzindo, fazendo coisas boas em prol de um futuro melhor. Então... Dei graças a Deus todos os dias, por ter condições de ser diferente, agir diferente e andar por outros caminhos e não somente pelo já traçado...

Este ano sorri muito...
Ri de mim mesma, ri de outras pessoas, ri com muitas pessoas, com amigos, com desconhecidos, com crianças e vou rezar para que eu possa rir sempre assim e muito, no próximo ano também....

Este ano, aconteceu algo inusitado...
Descobri que uns e outros me chamam de "Bruxa" Ai, ai... Agradeci à Deus também...
Por eu ter senso de humor e desde criança, achar que as bruxas é que eram as personagens divertidas das histórias. Afinal, se não fossem pelas bruxas, cheias de atitude e desejo de ser diferente, não haveriam tantas histórias legais para as crianças. Pelo amor! As princesas são todas iguais!!!
Aí fiz uma roupa de bruxa pra mim né!?
Agora só falta a vassoura mesmo...kkkkkkkkkkkk.

Ano divertido esse... Quantas histórias, né meninas?!

Este ano novamente, eu amei muito,
Amei muito meu marido (muitas noites, rsrsrsrs), amei muito meus filhos, minha família perto, minha família distante e rezo a Deus todos os dias para que esse amor nunca se acabe, pois ele é que me faz ter a cada dia mais vontade de viver e lutar por um mundo melhor.

Este ano pode até parecer que não, mas fiz muitos progressos, fiz muitas coisas diferentes e melhores do que eram antes. Pequenos passos, mas grandes mudanças.

Agradecerei a Deus por ter tido um ano bom e pedirei hoje que 2012 seja muito melhor ainda e torço para que a caminhada de todos que estão lendo este post seja repleta de amor, paz e muita vida para ser vivida por mais 365 gloriosos dias....

Amor,

Sandra

6 comentários:

  1. Quero que continue a escrever..gostei mto
    Beijos e um bom ano
    Edna

    ResponderExcluir
  2. Oi Sandra,

    Como tinha te falado no email...gosto muito de sua forma de ewscrever as cronicas....serei sua seguidora...bjs

    ResponderExcluir
  3. Michelle Hubner04/01/2012 08:59

    É prima, agora "os seus escritos" já não estão mais somente entre os amigos e família...
    E faz você mto bem porque, "tudo o que é bom, é pra se mostrar"!
    Parabéns pela linda história!
    Sucesso pra vc e seu blog!

    ResponderExcluir
  4. Olá Sandra!

    Gostei muito do seu primeiro texto!

    E peguei esse trechinho aqui:
    "Ao contrário do que vivem me dizendo (que eu pare de escrever!) este ano, escrevi absurdamente mais... E lamento informar, não vou deixar de escrever (risos)."

    Não sei quem falou para você parar de escrever, mas certamente essa pessoa não descobriu ainda que escrever é transcrever ações, imagens, sentimentos, experiências, opiniões etc. em palavras.
    Simples assim, magnífico assim!
    Escrever é uma Arte!

    Abraços e continue a Escrever!
    Alan

    ResponderExcluir
  5. é isso aí Sandra, Parabéns!

    Feliz 2012!
    Um forte abraço, Magda.

    ResponderExcluir
  6. Olá prima e irmã, tudo joia?
    Gostei muito do que escreveu e digo também para que não pare, inclusive, já estou ancioso para ler a próxima postagem...
    Vou ser seguidor assiduo, pode ter certeza, pois se não vou muito ao facebook ou ao orkut, é porquê prefiro ler os blogs de pessoas inteligentes como você!
    Grande abraço deste que muito te ama!
    Feliz 2012 para você e para toda a familia!!!
    Fernando

    ResponderExcluir